quarta-feira, 9 de abril de 2014

O Yoga para Crianças e a Inteligência Emocional de mãos dadas!



O Psicólogo, Daniel Goleman, com seu livro "Inteligência Emocional" fala-nos do conceito da inteligência emocional como maior responsável pelo sucesso ou insucesso nas nossas vidas. A maioria da situações do nosso dia a dia, seja trabalho, em casa, na escola, é envolvida por relacionamentos entre as pessoas. Desta forma as pessoas com qualidades de relacionamento humano, como afabilidade, compreensão, gentileza têm mais hipóteses de ter sucesso. A capacidade de controlarem os impulsos, de aumentarem o prazer e motivarem-se a si próprios, aprendendo a interpretar os seus sentimentos e, de como os outros reagirão aos seus sentimentos, o que pensar a respeito destes sentimentos e que escolhas têm ao seu dispor para reagir, como ler e exprimir esperanças e medos.  



Na realização de uma aula de Yoga também se trabalhar a  Inteligência Emocional através de histórias, onde se podem ser abordados vários sentimentos, conflitos. Como por exemplo esta:



O Avô e os Lobos
Um avô contou esta história ao seu neto, quando este veio ter com ele com raiva de um amigo, que lhe tinha feito uma injustiça.
“ Deixa-me contar-te uma história. Eu mesmo, algumas vezes, senti grande ódio daqueles que me fizeram tanto mal, sem qualquer arrependimento daquilo que fizeram. Todavia, o ódio corrói a ti, mas não ao teu inimigo. É o mesmo que tomar veneno, desejando que teu inimigo morra. Lutei muitas vezes contra esses sentimentos.”
“ É como se existissem dois lobos dentro de mim. Um deles é bom e não magoa. Ele vive em harmonia com todos que estão ao redor e não se ofende, quando não se teve intenção de ofender. Ele só lutará quando for momento certo e da maneira mais correta.”
“ Mas, o outro lobo, ah! Este é cheio de raiva. Mesmo as mais pequeninas coisas o lançam num ataque de ira. Ele briga com todos ao mesmo tempo, sem saber o motivo. Ele não pode pensar porque sua raiva não irá mudar coisa alguma. Algumas vezes é difícil conviver com estes dois lobos dentro de mim, pois ambos tentam dominar meu espírito.”
O neto olhou intensamente nos olhos do seu avô e perguntou: e qual deles vence, avô?!
O avô sorriu e respondeu baixinho: Aquele que eu alimento mais frequentemente.


Existem também jogos que podem ajudar as crianças a trabalharem as suas emoções, ou seja, reconhece-las e terem consciência de como elas podem alterar o seu comportamento, e desta forma arranjar estratégias para melhorar o seu comportamento e implusos.

Pode propor a criança para desenhar cada sentimento.  Descreverem-se a sua própria imagem. Ou dramatizar cada emoção.
 

 Ajudar as crianças a crescerem de forma responsável, auto-disciplinadas e sociavelmente melhor  preparadas para viverem de forma conscientes e felizes. 


Há muito mais para falar sobre este tema, o Yoga e a Inteligência Emocional, por exemplo falta referir os Yamas e os Nyamas  os princípios éticos do Yoga e os seus objetivos e podemos observar muitas semelhanças que tem com a Inteligência Emocional. Também falta falar sobre as posturas físicas do Yoga (Asanas) e perceber os objetivos de cada uma e mais uma vez observara as semelhas com a Inteligência Emocional.A prática da filosofia do Yoga leva-nos a unificar a mente, corpo e espírito o que leva a quem pratica possuir alta inteligência emocional.

 Boas Práticas!

 Namastê _/\_