terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Jogos cooperativos - O jogo da Folha


Despertei para este tema numa formação que estou a frequentar, pela formadora Amélia Videira.

A competição é um fator que dificulta o relacionamento entre as pessoas, gerando um clima de rivalidade e stresse. Nos jogos cooperativos, não existem perdedores, pelo contrário, todos ganham. Esses jogos contribuem para que as pessoas diferenciem o jogo da competição. Por meio dessa vivência, as pessoas poderão refletir e até mesmo constatar que as atividades em conjunto são tão prazerosas quanto a disputa individual. Este tipo de jogo é necessário para que as pessoas reflitam sobre regras e solidariedade em uma situação em que todos ganham.

Este tipo de vivência cooperativa permite o desenvolvimento do viver e do conviver em grupo, do aprender para cooperar e do cooperar para aprender, exercitando o compartilhar como instrumento de crescimento pessoal.

Os jogos cooperativos trazem em sua essência características muito importantes:

• Não há necessidade de competição: são desafiantes e envolventes. O grande desafio está na convivência e na tolerância mútua entre os participantes.
• Não existe uma faixa etária específica para cada jogo: há a possibilidade de adaptação ao grupo em que se joga. Podem ser aplicados desde a crianças muito pequenas até grupos de jovens e adultos.

Agora apresento-vos um jogo cooperativo, bastante divertido para realizarem com o vossos alunos, onde incorporamos os Asanas:

Material:
  • Folhas de papel brancas;
  • Leitor de Cd´s e Cd´s de musica ou um instrumento musical;
  • Cartões com posturas de yoga (opcional);

Este jogo é muito semelhante ao jogo das cadeiras.

Colocar as folhas de papel pelo chão formando o círculo, uma para cada criança. Colocamos a música ou tocamos um instrumento musical e tocar a dançar. As crianças enquanto a musica toca vão ter a liberdade de dançar pela sala. Quando a música parar as crianças vão ter de se dirigir para uma folha branca e realizar uma postura de yoga  à sua escolha. Voltamos a tocar ou a por a tocar a música. Enquanto as crianças dançam vamos tirar 1 a 2 folhas consoante o número de alunos e o tempo que tenhamos disponível para este jogo. Quando a música parar todos tem de se dirigir para uma folha branca e fazerem uma postura.

No jogo da cadeira alguém ficava de fora. Aqui alguém tem de partilhar a sua folha e fazer uma postura em conjunto com o seu par!

Vamos continuando a tirar folhas, a dançar e a tocar.

Vamos começar a ter grupos de 3 e 4 crianças a fazerem posturas em conjunto.

Vai ser bastante divertido e criativo, visto que vão ter de conseguir realizar posturas com 3, 4 ou 5 elementos!!

Boas Práticas.

Vânia Azevedo Fardilha

Grata